A importância da saúde bucal

Saúde começa pela boca!

 

A saúde começa pela boca! Essa é uma das frases que tem o sentido mais verdadeiro quando falamos de saúde bucal.

Nossa saúde como um todo tem íntima ligação com a nossa boca ou seja, a forma com a qual nos alimentamos. E não se trata apenas dos tipos de alimentos que ingerimos, mas principalmente “como” o fazemos.

A nossa boca, principalmente os nossos dentes são estruturas primordiais para o bom funcionamento do nosso organismo como um todo. Dentes tortos ou mal posicionados podem gerar complicações significativas para a saúde, pois eles possuem grande importância para a nossa correta mastigação, fala e até mesmo, respiração.

O fato é que tudo em nosso organismo está conectado de maneira integral ou seja, somos uma máquina com peças as quais devem estar sempre trabalhando em perfeita sintonia.

A trituração dos alimentos de maneira correta, função essa atribuída aos dentes, é essencial para que possamos deglutir e ter uma digestão adequada. Ao mesmo tempo em que a pronúncia de palavras e a respiração podem ser prejudicadas caso os dentes não estejam alinhados ou posicionados corretamente também.

Outro fator preponderante relacionado a saúde bucal, é a questão estética. Vivemos em uma sociedade onde é predominante a busca pela beleza, onde o fator estético é muito exigido e valorizado por todos.

Cuidar então para que tenhamos estética alinhada a saúde bucal é sem dúvida muito importante.

 

Algumas doenças bucais tratáveis

Bruxismo

 

Bruxismo é caracterizado por um ranger ou apertar dos dentes durante o dia, ou como é mais comum, durante o sono, que acontece de forma involuntária, aplicando forças excessivas sobre a musculatura mastigatória. O bruxismo diurno é diferente do bruxismo noturno. Durante o dia, é caracterizado por uma atividade semivoluntária da mandíbula, de apertar os dentes enquanto acordado, relacionado a um hábito. Por isso, os tratamentos são diferentes.

Os sintomas costumam incluir:

 

  • Ranger ou apertar dos dentes
  • Dores de cabeça, pescoço e região cervical
  • Dentes achatados, fraturados, lascados ou soltos
  • Esmalte dental desgastado
  • Aumento da sensibilidade dentária
  • Dor na mandíbula ou dor na face

 

O tratamento do bruxismo tem como foco a redução de dores, do ranger e visa evitar algum dano permanente aos dentes. Isso é o foco dos tratamentos para ambos os bruxismos. Na maioria dos casos, o tratamento é feito através de placas miorrelaxantes, que reduzem o aperto, ranger e dores, além de proteger os dentes, existindo tipos diferentes.


 

 

Gengivite e a Periodontite

 

gengivite e a periodontite são caracterizadas pelo sangramento gengival, sendo assim, uma inflamação da gengiva por placa ou tártaro dental, entre outros fatores. A gengiva passa a sangrar mais facilmente, ficando avermelhada.

O problema é evitado com uma correta higiene bucal, afim de eliminar a placa bacteriana. Se a placa não for removida, pode acabar formando tártaro, que pode se deslocar e acabar inflamando a gengiva, causando a destruição das fibras que prendem o dente ao osso. Caso não seja tratada, a estrutura óssea que sustenta o dente poderá se comprometer e a longo prazo, ocorrerá a perda óssea e consequentemente a perda do elemento dental que foi sendo enfraquecido com o passar dos anos.

A Periodontite promove a destruição de todos os tecidos circunvizinhos aos dentes, sendo eles a gengiva, fibras e ossos. Apresenta odor fétido e contém enorme presença de microorganismos – alguns destes podem ser disseminados para outros órgãos, como coração, pulmão e rins. A longo prazo, o paciente poderá vir a ter infecções graves, como endocardite bacteriana e pielonefrite. Além de uma perda nos dentes, prejudicando a mastigação e causando uma imensa dor.

Além de ficar atento à higiene, deve-se atentar também a alimentação. A falta de alguns minerais pode ser um fator prejudicial, principalmente cálcio e vitamina D e C.


Halitose

 

halitose, conhecida como mau hálito afeta muitas pessoas. Ela não chega a ser uma doença, mas mostra que algo está errado com a sua saúde. Por isso, a consulta é necessária, para que o problema seja identificado. Normalmente, as pessoas que sofrem de halitose costumam não percebê-la, fazendo com que apenas as pessoas ao redor dela sintam o mau cheiro. Isso pode acabar gerando um problema na autoestima e afastamento de pessoas.

 

 

 

Cárie Dentária

 

A cárie dentária é uma doença bucal bem popular. Bastante conhecida, ela é causada por bactérias como a Streptococcus Mutans a qual é responsável pela deterioração do dente. Uma vez instalada a bactéria a mesma vai perfurando o esmalte do dente até chegar em sua camada mais profunda, causando dor e desconforto.

A má higiene bucal é considerada ainda a principal causa da cárie. O consumo exagerado de alimentos ricos em açúcar como, balas, chicletes, chocolates, biscoitos dentre outros, é um fator que aumenta consideravelmente o risco de ter cárie.

 

Principais sintomas da cárie

  • sensibilidade e dor ao comer algum alimento doce, muito gelado ou quente
  • manchas de cor marrom em forma de pequenos furos na superfície dos dentes
  • dor e inchaço na gengiva

Prevenção

  • Escove bem os dentes de preferência com creme dental com flúor, no mínimo três vezes ao dia
  • use sempre o fio dental
  • Ingerir menos alimentos açucarados
  • Consultar regularmente um dentista

 

 

 

 

Compartilhar: